Efeitos da laserterapia em pacientes com pé diabético

Autores

  • André Luiz Cordeiro
  • Ana Beatriz Silva Freitas
  • Érica Fernanda Grisóstomo Pereira
  • Maria Taynan Santana Mota
  • Roberto Moreno Barros

Resumo

Introdução: As úlceras de pé diabético representam uma importante causa de amputações não-traumáticas. A terapia com laser de baixa intensidade tem demonstrado bons resultados ao acelerar a cicatrização de feridas crônicas, sobretudo em condições de microcirculação reduzida. Objetivo: Avaliar os efeitos da laserterapia no tratamento dos pacientes com pé diabético. Metodologia: Tratou-se de uma revisão sistemática de estudos contidos nas bases de dados eletrônicos PubMed, Lilacs e Scielo, sem restrição de ano, utilizando os descritores “Diabetes Mellitus”, “Diabetes”, “Hiperglicemia”, “Laser”, “Laserterapia”, “Pé diabético” na língua inglesa e portuguesa. Foram excluídos os estudos não-randomizados, relatos de caso, observações clínicas e revisões. A Escala Physiotherapy Evidence Database (PEDro) foi utilizada para analisar a qualidade metodológica dos estudos. Resultados: Foram encontrados 84 artigos, sendo excluídos 80 por não se adequarem ao objetivo do estudo. Em três dos estudos incluídos o uso de laserterapia mostrou-se como uma forma de tratamento eficaz para pacientes com pés diabéticos, acelerando o processo de reparação tecidual e consequentemente diminuindo o tamanho da ferida e apenas em um estudo não foi possível constatar melhora na redução da úlcera, a justificativa para isso pode estar no curto período de observação. Conclusão: O uso da laserterapia é uma intervenção que promove efeitos importantes na melhora da cicatrização das feridas em pacientes em úlceras diabéticas. No entanto, não há congruência na literatura de quais são os parâmetros mais adequados para aplicação dessa técnica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-05-25

Como Citar

1.
Cordeiro AL, Freitas ABS, Pereira Érica FG, Mota MTS, Barros RM. Efeitos da laserterapia em pacientes com pé diabético. Clin Biomed Res [Internet]. 25º de maio de 2022 [citado 6º de julho de 2022];42(1). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/99616

Edição

Seção

Revisão Sistemática