Análise de demandas de pacientes e profissionais de saúde quanto à poltrona utilizada para a assistência do paciente

Autores

  • Fabiane Espíndola Gomes Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde (RIMS), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil. http://orcid.org/0000-0001-9333-4250
  • Helena Barreto dos Santos Assessoria de Operações Assistenciais, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Flávio Sanson Flogliatto Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Ricardo Bertoglio Cardoso Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil.

Palavras-chave:

Profissional da saúde, tomada de decisões, ergonomia

Resumo

Introdução: Sistemáticas transversais permitem identificar soluções tecnológicas que melhor atendam às necessidades dos usuários, sendo assim críticas para otimização de recursos financeiros e melhoria da qualidade do serviço prestado. Dessa forma, o presente projeto de pesquisa teve por objetivo realizar uma análise transversal das demandas dos usuários finais, profissionais da saúde e pacientes, quanto às poltronas utilizadas para assistência no Serviço de Onco-Hematologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Métodos: Entrevistas semiestruturadas com perguntas abertas foram conduzidas no próprio local de atendimento em cada unidade de saúde: Ambulatório de Quimioterapia, Banco de Sangue e Hospital Dia. A população da pesquisa foi definida por meio da identificação dos usuários com forte interação com a poltrona para assistência e seu tamanho considerando o critério de ponto de saturação.

Resultados: Foram entrevistados 15 profissionais de saúde e 16 pacientes entre setembro de 2015 e janeiro de 2016. Verificou-se que o conforto foi a demanda mais indicada por profissionais de saúde e pacientes, sendo as demais demandas similares, independentemente do tempo de atendimento, número de pacientes por turno ou carga horária de trabalho. Conclusões: Acredita-se que a análise transversal das demandas dos usuários possibilita a melhora da qualidade da assistência e otimização do emprego de recursos financeiros por permitir a seleção de soluções tecnológicas que melhor atendem às necessidades dos usuários finais, tais como pacientes e profissionais de saúde.

Palavras-chaves: Profissional da saúde; tomada de decisões; ergonomia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-09-29

Como Citar

1.
Espíndola Gomes F, Santos HB dos, Flogliatto FS, Cardoso RB. Análise de demandas de pacientes e profissionais de saúde quanto à poltrona utilizada para a assistência do paciente. Clin Biomed Res [Internet]. 29º de setembro de 2017 [citado 9º de dezembro de 2022];37(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/71258

Edição

Seção

Artigos Originais