Estudo piloto: Desvio positivo de pacientes hipertensos na cidade de Barbacena, Minas Gerais – Brazil

Autores

  • Bruno José Guedes Silva Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Érika Aparecida de Miranda Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Izadora Sales Vieira Lopes Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Karolline Cordeiro de Souza Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Tassiana Leite Alvim Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Suzana Maria Pires do Rio Faculdade de Medicina de Barbacena
  • Juliana Barroso Zimmermmann Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brasil. Faculdade de Medicina de Barbacena, Barbacena, Brasil.

Palavras-chave:

, Hypertention, Positive Deviance, Blood Pressure Control, Risk Factors

Resumo

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados de pressão arterial (PA). 1 O paciente é considerado hipertenso quando a pressão sistólica é ≥ 140 mmHg e a diastólica é ≥ 90 mmHg em três aferições. 1-5

Embora o tratamento adequado seja importante para o controle da HAS, a prevenção se destaca, especialmente nos pacientes de risco. 5-9

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno José Guedes Silva, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluno de Graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Érika Aparecida de Miranda, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Izadora Sales Vieira Lopes, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Karolline Cordeiro de Souza, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluna de graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Tassiana Leite Alvim, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Suzana Maria Pires do Rio, Faculdade de Medicina de Barbacena

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Barbacena

Juliana Barroso Zimmermmann, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brasil. Faculdade de Medicina de Barbacena, Barbacena, Brasil.

Professora Adjunta do Departamento Materno Infantil da Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora de Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Barbacena

Chefe do Serviço de Gestação de Alto Risco da UFJF

Doutora em Medicina pela UFMG

Downloads

Publicado

2015-10-27

Como Citar

1.
Silva BJG, de Miranda Érika A, Lopes ISV, de Souza KC, Alvim TL, do Rio SMP, Zimmermmann JB. Estudo piloto: Desvio positivo de pacientes hipertensos na cidade de Barbacena, Minas Gerais – Brazil. Clin Biomed Res [Internet]. 27º de outubro de 2015 [citado 4º de dezembro de 2022];35(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/58250

Edição

Seção

Comunicações Breves

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>