Construção e adequação de instrumentos de coleta de dados para análise da utilização de medicamentos em pacientes pediátricos com fibrose cística

Autores

  • Stella Pegoraro Alves Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Denise Bueno Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Fibrose Cística, Farmacoepidemiologia, Coleta de Dados

Resumo

A fibrose cística (FC) é uma doença hereditária autossômica recessiva letal, muito comum entre caucasianos, caracterizada por uma anormalidade de produção e função do gene regulador transmembrana da fibrose cística1,2. Na Europa, a incidência é de 1 para 2.500 nascidos vivos e, no Brasil, é um pouco maior que 1:7.0003. A sobrevida dos pacientes com FC depende do acesso irrestrito aos medicamentos e da educação dos familiares sobre a melhor forma de administrá-los, impedindo possíveis interações e consequentemente a interrupção do tratamento. Para isso, torna-se necessária a criação de instrumentos que possam contribuir para o sucesso do tratamento farmacológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stella Pegoraro Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Assistência Farmacêutica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - PPGASFAR/UFRGS

Denise Bueno, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora do Programa de Pós Graduação em Assistência Farmacêutica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - PPGASFAR/UFRGS

Downloads

Publicado

2015-10-27

Como Citar

1.
Pegoraro Alves S, Bueno D. Construção e adequação de instrumentos de coleta de dados para análise da utilização de medicamentos em pacientes pediátricos com fibrose cística. Clin Biomed Res [Internet]. 27º de outubro de 2015 [citado 3º de outubro de 2022];35(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/57581

Edição

Seção

Carta ao Editor

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>