Os principais delineamentos na Epidemiologia – Ensaios Clínicos (Parte II)

Autores

  • Luciano Santos Pinto Guimarães Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Vânia Naomi Hirakata Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Suzi Alves Camey Departamento de Estatística, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-Graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Luciana Neves Nunes Departamento de Estatística, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Aline Castello Branco Mancuso Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Palavras-chave:

epidemiologia, ensaios clínicos, fases dos ensaios clínicos, delineamentos, análises estatísticas

Resumo

O tema “estudos experimentais” é um conteúdo amplo, de difícil síntese. Com o objetivo de sintetizar as principais informações referentes a um estudo experimental, este trabalho visa dar continuidade ao estudo do tema iniciado em Mancuso et al. (2013). Além do contexto teórico abordado até então, a metodologia de desenvolvimento também é de fundamental importância. Os resultados podem sofrer interferências graves e os objetivos não alcançados, se a metodologia aplicada não for adequada. Além destes, as análises estatísticas e o número de sujeitos são fundamentais para a validade dos resultados. Na primeira parte, foram apresentadas as principais informações para iniciar um ensaio clínico. Nesta segunda parte serão abordados tópicos metodológicos como tipos, fases e delineamentos de um ensaio e tópicos estatísticos como análises e tamanho amostral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Santos Pinto Guimarães, Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Unidade de Bioestatística, Grupo de
Pesquisa e Pós-graduação, Hospital
de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).
Porto Alegre, RS, Brasil

Vânia Naomi Hirakata, Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Unidade de Bioestatística, Grupo de
Pesquisa e Pós-graduação, Hospital
de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).
Porto Alegre, RS, Brasil

Suzi Alves Camey, Departamento de Estatística, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-Graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Departamento de Estatística, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Porto Alegre, RS, Brasil

Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Luciana Neves Nunes, Departamento de Estatística, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Departamento de Estatística, Instituto
de Matemática, Universidade Federal
do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Porto Alegre, RS, Brasil.

Unidade de Bioestatística, Grupo de
Pesquisa e Pós-graduação, Hospital
de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).
Porto Alegre, RS, Brasil

Aline Castello Branco Mancuso, Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-graduação, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Unidade de Bioestatística, Grupo de
Pesquisa e Pós-graduação, Hospital
de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).
Porto Alegre, RS, Brasil

Downloads

Publicado

2014-01-20

Como Citar

1.
Guimarães LSP, Hirakata VN, Camey SA, Nunes LN, Mancuso ACB. Os principais delineamentos na Epidemiologia – Ensaios Clínicos (Parte II). Clin Biomed Res [Internet]. 20º de janeiro de 2014 [citado 2º de dezembro de 2022];33(3/4). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/44657

Edição

Seção

Seção de Bioestatística

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>