Papel do ultrassom 3D e 4D no diagnóstico pré-natal de síndrome de Apert

Autores

  • Rosilene Silveira Betat Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Rafael Fabiano Machado Rosa Hopsital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV) e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
  • André Campos da Cunha Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Jorge Alberto Bianchi Telles Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Chaiane Bedin Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Paulo Renato Krahl Fell Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Jamile Picetti Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)
  • Paulo Ricardo Gazzola Zen Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e Complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre (CHSCPA)

Palavras-chave:

Ultrassom 3d, Ultrassom 4D, Síndrome de Apert

Resumo

Gestante de 25 anos vem encaminhada à avaliação na medicina fetal por diagnóstico desde o seu nascimento de síndrome de Apert. Ela possui formato anormal do crânio com turricefalia, hipertelorismo (distâncias orbitais interna e externa aumentadas), fendas palpebrais oblíquas para baixo, maloclusões dentárias, fenda palatina, prognatismo, sindactilia/fusão de dedos das mãos e dos pés (na mão, sindactilia total do segundo ao quarto dedos e parcial entre quarto e quinto dedos, sendo que muitos dos dedos já foram separados cirurgicamente, e, no pé, sindactilia total entre segundo, terceiro, quarto e quinto pododáctilos e parcial entre primeiro e segundo bilateralmente), polegares largos e desviados lateralmente e háluces também alargados e desviados medialmente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosilene Silveira Betat, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Rafael Fabiano Machado Rosa, Hopsital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV) e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)

Genética Clínica e Programa de Pós-Graduação em Patologia

André Campos da Cunha, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Jorge Alberto Bianchi Telles, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Chaiane Bedin, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Paulo Renato Krahl Fell, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Jamile Picetti, Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV)

Medicina Fetal

Paulo Ricardo Gazzola Zen, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e Complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre (CHSCPA)

Genética Clínica e Programa de Pós-Graduação em Patologia

Downloads

Publicado

2012-10-10

Como Citar

1.
Betat RS, Rosa RFM, da Cunha AC, Telles JAB, Bedin C, Fell PRK, Picetti J, Zen PRG. Papel do ultrassom 3D e 4D no diagnóstico pré-natal de síndrome de Apert. Clin Biomed Res [Internet]. 10º de outubro de 2012 [citado 8º de dezembro de 2022];32(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/30830

Edição

Seção

Imagem Diagnóstica

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)