Insuficiência adrenal primária como primeira manifestação de câncer pulmonar metastático

Autores

  • André Borsatto Zanella UFRGS
  • Tatiana Falcão Eyff UFRGS
  • José Miguel Dora
  • Jorge Luiz Gross
  • Sandra Pinho Silveiro

Palavras-chave:

insuficiência adrenal primária, neoplasia pulmonar, metástases adrenais

Resumo

A insuficiência adrenal primária é, na maioria das vezes, causada por infecções e adrenalite auto-imune. Metástases adrenais são relativamente comuns em neoplasias de pulmão, mas usualmente são assintomáticas, mesmo quando bilaterais. Há poucos relatos de metástases adrenais levando à insuficiência adrenal. Descrevemos aqui um caso de insuficiência adrenal primária como primeira manifestação clínica de neoplasia pulmonar metastática. Paciente de 59 anos, feminina, branca, tabagista, queixava-se de dor em flanco direito associada a náuseas e emagrecimento. Exames laboratoriais confirmaram o diagnóstico de insuficiência adrenal primária. Iniciou tratamento com prednisona e fludrocortisona, com melhora progressiva dos sintomas. Na investigação da etiologia, tomografia computadorizada (TC) de abdômen mostrou aumento bilateral das adrenais. Foi submetida à biopsia de adrenal, com citopatológico positivo para células malignas. Linfonodo supraclavicular esquerdo foi biopsiado, com anátomo-patológico (AP) confirmando adenocarcinoma metastático, com imunohistoquímica sugerindo pulmão como sítio primário. Atentar para o diagnóstico de insuficiência adrenal nesse contexto é importante, porque os sintomas iniciais são inespecíficos, podendo ser atribuídos à neoplasia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-12

Como Citar

1.
Zanella AB, Eyff TF, Dora JM, Gross JL, Silveiro SP. Insuficiência adrenal primária como primeira manifestação de câncer pulmonar metastático. Clin Biomed Res [Internet]. 12º de fevereiro de 2008 [citado 28º de junho de 2022];27(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/2985

Edição

Seção

Relatos de Casos