Como avaliar o processo inflamatório em crianças com excesso de peso?

Autores

  • Fernanda Miraglia Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Centro Universitário La Salle
  • Elza Daniel de Mello Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

obesidade, inflamação, criança

Resumo

A obesidade é um fenômeno mundial com o aumento da prevalência, especialmente em áreas urbanas e na população infantil. O tecido adiposo não é mais considerado apenas como um regulador de temperatura corporal ou um protetor mecânico, mas um órgão endócrino que libera adipocinas de ação pró- inflamatória, formando um elo entre adiposidade, síndrome metabólica e doenças cardiovasculares e a inflamação é um estado conseqüente à obesidade. O Fator de Necrose Tumoral (TNF- α), Interleucina- 6 (IL-6) e Fator Inibidor do Plasminogênio (PAI-1) são exemplos de substâncias liberadas pelo tecido adiposo, especialmente pelo depósito de gordura abdominal, que contribuem para a resistência á insulina. A leptina e adiponectina são as adipocinas mais abundantes sintetizadas pelo tecido adiposo que tem atuação no metabolismo dos lipídeos e carboidratos, regulando os processos metabólicos. A proteína C reativa ultrasensível (PCR-us) é um biomarcador do processo aterosclerótico, e também esta envolvida na patogênese da aterosclerose, pois é produzida no fígado em resposta á citocinas inflamatórias. O tecido adiposo em excesso promove o aumento das adipocinas circulantes que desencadeiam uma série de alterações corporais, relacionados á eventos cardiovasculares. O tratamento da obesidade que acarrete em mudanças no estilo de vida, com a redução da gordura visceral, ainda são as medidas mais eficazes para diminuição do processo inflamatório, especialmente na população infanto juvenil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Miraglia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Centro Universitário La Salle

Nutricionista, Mestre em Ciências Médicas: Nefrologia pela UFRGS, Doutoranda da Saúde da Criança e Adolescente

Elza Daniel de Mello, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Pediatria, Serviço de Nutrologia do HCPA e Departamento de Pediatria (FAMED/UFRGS)

Downloads

Publicado

2012-10-09

Como Citar

1.
Miraglia F, de Mello ED. Como avaliar o processo inflamatório em crianças com excesso de peso?. Clin Biomed Res [Internet]. 9º de outubro de 2012 [citado 8º de dezembro de 2022];32(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/28708

Edição

Seção

Artigos de Revisão