Um alerta sobre o uso de amostras pequenas na regressão logística

Autores

  • Rodrigo Coster Unidade de Bioestatística, Grupo de Pesquisa e Pós-Graduação, Hospital de Clinicas de Porto Alegre.
  • Vanessa Bielefeldt Leotti Torman
  • Suzi Alves Camey

Palavras-chave:

Regressão Logística, Tamanho de Amostra

Resumo

Introdução: A regressão logística está cada dia mais presente nas pesquisas, porém, sabe-se que seus estimadores só possuem boas propriedades se o tamanho de amostra for grande. Entretanto, nem sempre o tamanho amostral utilizado nos estudos é o ideal, sendo as vezes sendo calculados através de regras de bolso.

Objetivo: Mostrar o quão inadequadas são estas regras de bolso.

Método: Estudo simulado de três cenários.

Resultados: Em nossas simulações, encontramos vícios maiores na estimação da razão de chance do que do respectivo coeficiente do modelo.

Conclusões: As regras de bolso amplamente utilizadas não garantem boas propriedades na estimação das razões de chances.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-30

Como Citar

1.
Coster R, Torman VBL, Camey SA. Um alerta sobre o uso de amostras pequenas na regressão logística. Clin Biomed Res [Internet]. 30º de abril de 2012 [citado 28º de novembro de 2022];32(1). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/27267

Edição

Seção

Seção de Bioestatística

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>