Cálculo de tamanho de amostra: proporções

Autores

  • Marilyn Agranonik PPG/UFRGS
  • Vânia Naomi Hirakata Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Palavras-chave:

cálculo de tamanho de amostra, estimação de proporção, comparação de proporções

Resumo

Um problema bastante comum, cuja definição é fundamental na etapa de criação de um projeto de pesquisa é o cálculo do tamanho da amostra. A partir deste cálculo, será definido o orçamento, o cronograma de coleta de dados, a existência (ou não) de sujeitos de pesquisa, ou seja,  a viabilidade do projeto. O objetivo deste artigo é apresentar o cálculo de tamanho de amostra para a estimação de uma proporção (prevalência ou incidência) e para a comparação de duas proporções de grupos independentes, através de exemplos práticos. Verifica-se que o tamanho da amostra para estimação de uma proporção aumenta, quando aumentamos o nível de confiança do intervalo ou quando diminuímos a margem de erro. Quando o objetivo é comparar proporções, o tamanho da amostra aumenta, quando diminuímos o nível de significância ou quando aumentamos o poder do teste, ou quando diminuímos a diferença mínima que desejamos detectar como estatisticamente significativa entre as proporções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-11-03

Como Citar

1.
Agranonik M, Hirakata VN. Cálculo de tamanho de amostra: proporções. Clin Biomed Res [Internet]. 3º de novembro de 2011 [citado 30º de novembro de 2022];31(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/23574

Edição

Seção

Seção de Bioestatística

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>