Doença Renal Crônica: Definição e Complicações

Autores

  • Cassia Morsch
  • Francisco José Veríssimo Veronese Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS

Palavras-chave:

Doença Renal Crônica, DRC

Resumo

A Doença Renal Crônica (DRC) consiste na perda progressiva e irreversível da função dos rins, causada mais frequentemente por doenças como diabete melito (açúcar no sangue), hipertensão arterial (pressão alta) e glomerulonefrites (lesão nos glomérulos – Figura 1). A função dos rins é filtrar o sangue, removendo os resíduos tóxicos produzidos nos tecidos do corpo, e também água e diversas outras substâncias. Os rins também produzem hormônios responsáveis pelo controle da pressão arterial, do metabolismo ósseo e da produção de glóbulos vermelhos. Desta forma, a perda de função renal leva a uma série de problemas como pressão alta, anemia, retenção de água, uréia, creatinina, potássio e ácidos, entre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco José Veríssimo Veronese, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS

Downloads

Como Citar

1.
Morsch C, Veronese FJV. Doença Renal Crônica: Definição e Complicações. Clin Biomed Res [Internet]. 27º de abril de 2011 [citado 4º de julho de 2022];31(1). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/20014

Edição

Seção

Seção para Pacientes