Revisão Sistemática de Estudos Observacionais com Metanálise

Autores

  • Sandra Costa Fuchs UFRGS, HCPA
  • Betina Soldateli Paim UFRGS, HCPA

Palavras-chave:

Metanálise, Estudos Observacionais, Ciências da Nutrição

Resumo

Nas últimas décadas tem havido crescimento expressivo da produção científica brasileira e mundial. As informações disponibilizadas em bases de dados eletrônicas são acessadas mais facilmente, mas o processo de busca e revisão da literatura tornou-se progressivamente mais demorado. Nesse contexto, as revisões sistemáticas têm sido amplamente utilizadas, pois sumarizam evidências e possibilitam a tomada de decisões clínicas. As revisões sistemáticas baseiam-se em revisão da literatura focando uma pergunta claramente definida e para a qual são identificados, avaliados e selecionados artigos com o objetivo de sintetizar evidências relevantes. O processo envolve a aplicação de critérios explícitos, procedimentos rigorosos e padronizados. A metanálise é um tipo especial de revisão sistemática que adicionalmente usa métodos estatísticos para combinar quantitativamente e agregar resultados de pesquisas individuais. Nesse artigo, apresentam-se conceitos básicos aplicados à operacionalização de uma revisão sistemática de estudos observacionais e ao entendimento de uma metanálise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Costa Fuchs, UFRGS, HCPA

Dept. Medicina Social

Área:  Programa de Pós-graduação em Epidemiologia, UFRGS

Betina Soldateli Paim, UFRGS, HCPA

Nutricionista,

Aluna de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Epidemiologia, UFRGS

Downloads

Publicado

2010-10-14

Como Citar

1.
Fuchs SC, Paim BS. Revisão Sistemática de Estudos Observacionais com Metanálise. Clin Biomed Res [Internet]. 14º de outubro de 2010 [citado 1º de julho de 2022];30(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/16551

Edição

Seção

Seção de Bioestatística