Conhecimentos sobre Tabagismo entre Estudantes de Medicina

Autores

  • Ana Cláudia Coelho
  • Denise Rossato Silva Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Anelise Dumke
  • Marli Maria Knorst

Palavras-chave:

tabagismo, estudantes de medicina, educação médica

Resumo

Introdução: A educação médica e de outros profissionais da saúde é uma importante ferramenta no controle e na prevenção do tabagismo. Entretanto, há evidências de que os estudantes de medicina têm um conhecimento pobre sobre doenças tabaco-relacionadas. Os objetivos do estudo foram avaliar os conhecimentos sobre o tabagismo entre estudantes de medicina e o impacto de uma intervenção sob a forma de seminário. Além disso, verificamos o papel que os estudantes acreditam ter na luta contra o tabagismo.

Métodos: Estudo transversal. Os estudantes responderam questionários antes e após um seminário sobre tabagismo com cerca de 90 minutos de duração.

Resultados: Foram incluídos no estudo 171 estudantes de medicina. Considerando-se todas as questões abordadas, os alunos tiveram um percentual geral de acertos de 72,9% no pré-teste e de 95,8% no pós-teste. O aborto espontâneo, a morte perinatal e alguns tipos de câncer (como pâncreas, rim, cérvice uterina, estômago e bexiga) não foram considerados como atribuíveis ao tabagismo por um percentual significativo de estudantes.

Conclusão: No nosso estudo, encontramos melhora estatisticamente significativa em quase todas as questões sobre tabagismo após uma abordagem com seminário específico sobre o tema com cerca de 90 minutos de duração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-14

Como Citar

1.
Coelho AC, Silva DR, Dumke A, Knorst MM. Conhecimentos sobre Tabagismo entre Estudantes de Medicina. Clin Biomed Res [Internet]. 14º de julho de 2010 [citado 4º de fevereiro de 2023];30(2). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/12820

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)