Hemodiálise veno-venosa lenta contínua no tratamento da intoxicação aguda por lítio

Autores

  • Adriana Klafke
  • Sílvia M. Dorigoni
  • Elvino José G. Barros

Palavras-chave:

Intoxicação aguda, lítio, hemodiálise veno-venosa lenta contínua

Resumo

Descrevemos um caso de intoxicação aguda por carbonato de lítio devido à tentativa de suicídio. O paciente apresentou-se com quadro neurológico e cardiovascular grave com lítio sérico de 8,0 mEq/L. Evoluiu para quadro convulsivo de difícil controle medicamentoso 6 horas após o término da primeira sessão de hemodiálise (lítio sérico 4,7 mEq/L). As convulsões tônico-clônicas generalizadas permaneceram durante 4 dias com os níveis séricos do lítio variando de 2,5 - 4,7 mEq/L até a instituição da hemodiálise veno-venosa lenta contínua durante 18 horas. Ocorreu então controle do quadro convulsivo e melhora dos níveis séricos do lítio (0,9 mEq/L).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-23

Como Citar

1.
Klafke A, M. Dorigoni S, G. Barros EJ. Hemodiálise veno-venosa lenta contínua no tratamento da intoxicação aguda por lítio. Clin Biomed Res [Internet]. 23º de junho de 2022 [citado 26º de novembro de 2022];20(3). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/125423

Edição

Seção

Relatos de Casos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)