A Influência das Avós no Aleitamento Materno Exclusivo

Autores

  • Caroline Nicola Sangalli PUCRS
  • Fernanda Nunes Henriques Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Luciana Dias de Oliveira PUCRS

Palavras-chave:

Avós, Aleitamento Materno, Relações Familiares

Resumo

O aleitamento materno envolve mudanças corporais, alterações de humor e interferências ambientais, principalmente o contato com a mãe ou sogra, que interferem na duração e exclusividade do aleitar. O presente estudo tem como objetivo verificar a influência das avós no padrão de aleitamento materno nos primeiros seis meses de vida. As avós, na maioria das sociedades, são referências familiares e não consideram a exclusividade do aleitamento suficiente para manter o estado nutricional adequado, oferecendo precocemente diversos alimentos aos seus netos. O estudo apresenta delineamento de revisão bibliográfica e os seguintes critérios de refinamento: publicações nos últimos 20 anos; em português, inglês, ou espanhol; exclusão de textos coincidentes e seleção de textos de interesse. Os artigos foram analisados segundo autor, ano, local, número de sujeitos envolvidos, metodologia e tipo de influência exercida. No total foram 53 artigos, e destes, 23 atendiam ao critério de refinamento, a fim de servir aos objetivos do trabalho. Assim, se vê que a avó influencia negativamente na alimentação exclusiva, embora alguns estudos apontem que a intervenção em parentes próximos, em especial a avó, revelou uma adesão às práticas corretas de aleitamento exclusivo, provando assim a importância da realização de intervenções com essas cuidadoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Nunes Henriques, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

A Influência da Avó no Aleitamento Materno Exclusivo

Downloads

Publicado

2010-07-30

Como Citar

1.
Sangalli CN, Henriques FN, Oliveira LD de. A Influência das Avós no Aleitamento Materno Exclusivo. Clin Biomed Res [Internet]. 30º de julho de 2010 [citado 30º de setembro de 2022];30(2). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/12456

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)