Segurança e legitimidade no trabalho remoto - Relato de experiência em um Hospital Público e Universitário

Autores

  • Milena de Avila Peres
  • Gabriel Alabarse Hernandez
  • Daniel da Silva Jegorschki Santos
  • Silvia Regina Gralha
  • Renato Falsarella Martins Malvezzi

Palavras-chave:

Trabalho remoto, Teletrabalho, home office, Registro de Frequência, acesso externo, COVID19,

Resumo

Este relato de experiência tem como objetivo apresentar os esforços necessários em uma das ações de enfrentamento à COVID-19 no Hospital de Clínicas de Porto Alegre:  viabilizar teletrabalho. Na iminência de criar uma estrutura tecnológica de preservação da operacionalidade da força de trabalho, foi necessário adotar medidas que permitissem a atuação remota dos colaboradores em atividade administrativas de apoio à assistência. Com este desafio desenvolveu-se, em curto espaço de tempo, uma solução técnica segura que permitisse acesso externo aos sistemas corporativos e registro eletrônico de frequência em regime de trabalho remoto. Além de ferramentas de apoio como: plataforma em nuvem para reuniões não presenciais, para documentos eletrônicos, etc.  Desta forma, foi possível disponibilizar aos colaboradores do hospital, que não atuam na linha de frente, a atuação remota de seu trabalho.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

1.
Peres M de A, Hernandez GA, Santos D da SJ, Gralha SR, Malvezzi RFM. Segurança e legitimidade no trabalho remoto - Relato de experiência em um Hospital Público e Universitário. Clin Biomed Res [Internet]. 3º de fevereiro de 2021 [citado 3º de outubro de 2022];40(2). Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/105781

Edição

Seção

Artigos Especiais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)