O Professor que Ensina Matemática e a sua Formação: uma experiência em Portugal

Autores

  • Maria de Lurdes Serrazina Instituto Politécnico de Lisboa (IPL), Lisboa – Portugal

Palavras-chave:

Conhecimento do Professor. Confiança. Ensino Proficiente. Formação Continuada.

Resumo

Este artigo discute características da formação continuada
de professores polivalentes em Matemática, que podem conduzir a
alterações na sua relação com a Matemática e nas suas práticas de sala de
aula. Para isso retoma o Programa de Formação Contínua em Matemática
(PFCM), desenvolvido em Portugal. Discute o conhecimento do professor
para ensinar Matemática, tipos de conhecimento necessários para um ensino
proficiente e relaciona-os com o desenvolvimento de uma atitude de
confiança do professor como professor que ensina Matemática. Apresenta,
o caso de uma professora, formanda do PFCM durante dois anos, evidenciando
o contributo do Programa para o desenvolvimento do seu conhecimento
e da sua postura como professora que ensina Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Lurdes Serrazina, Instituto Politécnico de Lisboa (IPL), Lisboa – Portugal

é professora coordenadora (aposentada) da Escola
Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa, Membro da
Unidade de Investigação em Educação e Desenvolvimento (UIDEF) do Instituto
de Educação da Universidade de Lisboa, Professora Associada Convidada
(aposentada) do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa,
PhD em Educação Matemática pela Universidade de Londres (UK) (1998).
Foi coordenadora do Programa Nacional de Formação Contínua em Matemática
de 2005 a 2011.

Publicado

2014-09-22

Como Citar

Serrazina, M. de L. (2014). O Professor que Ensina Matemática e a sua Formação: uma experiência em Portugal. Educação &Amp; Realidade, 39(4). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/45902

Edição

Seção

Matemática nos Anos Iniciais