Os Signos Artísticos e a Educação Estética em Vigotski

Autores

  • Patrícia Pederiva Universidade de Brasília (UnB), Brasília/DF – Brasil
  • Daiane Oliveira Universidade de Brasília (UnB), Brasília/DF – Brasil
  • José Valdinei Miranda Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém/PA – Brasil
  • Marta Pederiva Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém/PA – Brasil

Palavras-chave:

Educação Estética, Signo Artístico, Emoções, Vigotski, Desenvolvimento Humano

Resumo

Este artigo discute, à luz da Teoria Histórico-Cultural, o papel dos signos artísticos na educação estética. Enfatiza o conceito de signo, percepção estética, expressão, criação artística e desenvolvimento humano. Teórico-metodologicamente, dialoga com Vigotski e com duas pesquisadoras das artes: a primeira realizou entrevistas semiestruturadas com artistas profissionais, e a segunda organizou rodas de conversas, na escola, com crianças em idade alfabetização. A discussão teórico-prática efetivada no presente artigo permite pensar uma educação estética articulada ao conceito de signo artístico e indica possibilidades de organização das artes na educação, como educação estética, de maneira a potencializar o desenvolvimento humano cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Pederiva, Universidade de Brasília (UnB), Brasília/DF – Brasil

Patrícia Pederiva é Mestre em Educação pela Universidade Católica de Brasília. Doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Pós-doutora pela Universidad Autónoma de Madrid. Professora da Universidade de Brasília (UnB). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UnB). Coordenadora do GEPPE – Grupo de Estudos e Pesquisas em Práticas Educativas (CNPq).

Daiane Oliveira, Universidade de Brasília (UnB), Brasília/DF – Brasil

Daiane Oliveira é Mestra em Educação (PPGE) pela Universidade de Brasília (UnB). Especialista em Educação Infantil na Teoria Histórico-Cultural pelo Instituto Saber. Licenciada em Pedagogia pela Universidade de Brasília. Pesquisadora da Teoria Histórico-Cultural, com ênfase nas infâncias, educação, desenvolvimento humano, arte, educação musical e práticas educativas. Membro do GEPPE - Grupo de Estudos e Pesquisas em Práticas Educativas (CNPq).

José Valdinei Miranda, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém/PA – Brasil

José Valdinei Miranda é Doutor e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor da Universidade Federal do Pará (UFPA). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura do CUNTINS (PPGEDUC/UFPA). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação na Amazônia (PGEDA/EDUCANORTE). Vice-coordenador e pesquisador do Grupo ANARKHOS - Micropolíticas, Performances e Experimentações Literárias (CNPq).

Marta Pederiva, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém/PA – Brasil

Marta Pederiva é Doutoranda em Educação na Amazônia (PGEDA/EDUCANORTE), na Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestre em Artes da Cena pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Licenciada em Educação Artística com habilitação em Música pela Universidade de Brasília. Membro do grupo de pesquisa ANARKHOS – Micropolíticas, Performances e Experimentações Literárias (CNPq).

Publicado

2022-05-18

Como Citar

Pederiva, P., Oliveira, D., Miranda, J. V., & Pederiva, M. (2022). Os Signos Artísticos e a Educação Estética em Vigotski. Educação &Amp; Realidade, 47. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/116929

Edição

Seção

Vigotski Hoje: implicações educacionais