Chamadas

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO v. 16, n. 3

A Revista Debates, v. 16, n. 3, que será publicada em dezembro de 2022, está aceitando trabalhos para o Dossiê ‘CIÊNCIA POLÍTICA NO CONTINENTE AFRICANO” até o dia 15 de outubro de 2022.

A proposta deste dossiê é contribuir para o debate sobre o desenvolvimento da ciência política no continente africano. Nosso interesse é por trabalhos que analisem o desenvolvimento desse campo de conhecimento na região; apresentando a implementação de programas de estudo, cursos, faculdades, programas de pós-graduação, entre outros. Do mesmo modo temos a expectativa de poder contar com artigos que analisem processos políticos em curso nos diferentes países, captando aspectos objetivos e subjetivos que interferem na vida política da diversidade de povos e sociedades que habitam no continente africano. São bem-vindos trabalhos teóricos, estudos de caso, estudos comparados e todas as outras formas de análise que contribuam a enriquecer a análise do panorama político da região. São aceitos textos em português, espanhol e inglês. Os artigos podem ser enviados em português, espanhol ou inglês. O dossiê conta com a organização de:

Prof. Dr. Alfredo Gugliano (UFRGS)

Profª. Drª. Vlademiro Moreira Furtado (Universidade de Cabo Verde)

Profª. Drª. Carolina Horta Gavíria (Universidade Pontifícia Bolivariana, Colômbia)

 

Regras de submissão em: https://seer.ufrgs.br/index.php/debates/about/submissions

Mais informações em: https://seer.ufrgs.br/debates/about

DATA LIMITE PARA SUBMISSÃO: 15 de outubro de 2022

 

 

 

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO v. 17, n. 1

A Revista Debates, v. 17, n. 1, que será publicada em abrl de 2023, está aceitando trabalhos para o “Dossiê A Terceira Onda de 'Autocratização': Formas, Modalidades, Ritmos e Estratégias” até o dia 31 de dezembro de 2022.

Ao longo da última década os mais importantes relatórios anuais sobre o “estado” da democracia no mundo (Ex: Freedom House; International IDEA; V-Dem) têm vindo a assinalar um retrocesso democrático global e um avanço dos regimes não democráticos (híbridos e autoritários, consoante a classificação de regimes adotada). A evolução é compatível com uma crise global da democracia e com a denominada “terceira onda de autocratização”, a qual se manifesta mesmo em países até recentemente considerados como democracias consolidadas. A “autocratização” pode ser entendida como a mudança de regime oposta à democratização, a qual torna o exercício do poder político mais arbitrário e repressivo, permitindo enquadrar todos os casos de regimes que “viajam” em “direção” à autocracia (recuo democrático, colapso da democracia e consolidação autocrática), independentemente do seu ponto de partida e de chegada. A temática da “autocratização” tem recebido um crescente interesse na Ciência Política ao longo dos últimos anos, procurando-se explorar e refletir sobre as suas características, determinantes/causas, consequências/efeitos, bem como sobre possíveis estratégias de promoção da resiliência das democracias no mundo contemporâneo. Diante da terceira onda de “autocratização”, o dossier temático da Revista Debates procura recolher contributos originais e considera a seguinte questão de pesquisa: quais são as formas, modalidades, ritmos e estratégias emergentes nos processos de “autocratização” na América Latina e na Europa? Serão particularmente apreciadas abordagens comparativas que associem a teoria e estudos de natureza empírica que permitam uma maior sistematização sobre a temática.

O dossiê conta com a organização de:

Pedro Fonseca (Universidade de Lisboa)
Ana Julia Bernardi (FESPSP)
Jennifer Azambuja de Morais (UFRGS)

Regras de submissão: https://seer.ufrgs.br/debates/about/submissions?fbclid=IwAR02GIlw7t4aDyFcZGmRxPU1EibhZjBBrC_ygzQxIQdcaZvJ5cZROMKI3Ns

Mais informações em: https://seer.ufrgs.br/debates/about?fbclid=IwAR0ntKY18N1ujEGtvOBTdIpwo77Zgd8rtDkOTO1DbIy4rFseQkYMnUR_MkY