IMPLEMENTAÇÃO: AINDA O “ELO PERDIDO” DA ANÁLISE DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL?

Autores

  • Carlos Aurélio Pimenta de Faria PUC Minas

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-5269.26227

Palavras-chave:

Análise de Políticas Públicas, Implementação, Ensino sobre Implementação no Brasil, Pesquisa sobre Implementação no Brasil.

Resumo

Tendo como objetivo analisar o ensino e a pesquisa sobre a implementação de políticas públicas no Brasil, verificando se e em que medida os estudos sobre a implementação também se consolidaram como decorrência da maior institucionalização do campo da Análise de Políticas Públicas no país, o trabalho está organizado da seguinte maneira: a primeira seção questiona o lugar da implementação no ensino (graduação e pós) sobre políticas públicas no Brasil. Nessa seção, o foco estará concentrado nas Ciências Sociais, ainda que sejam analisados também os programas de pós-graduação dedicados exclusivamente às políticas públicas, que são avaliados, pela Capes, na área Interdisciplinar. A segunda seção é dedicada à pesquisa sobre a implementação no país. Procuramos quantificar e analisar, com distintos métodos e a partir de variadas fontes, a produção bibliográfica específica (teses e dissertações, livros e artigos). As considerações finais buscam dar um sentido mais amplo aos padrões descortinados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Aurélio Pimenta de Faria, PUC Minas

Doutor em Ciência Política (IUPERJ, 1997). Professor e pesquisador dos Programas de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Relações Internacionais da PUC Minas

Downloads

Publicado

2012-08-29

Como Citar

Faria, C. A. P. de. (2012). IMPLEMENTAÇÃO: AINDA O “ELO PERDIDO” DA ANÁLISE DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL?. Revista Debates, 6(2), 13. https://doi.org/10.22456/1982-5269.26227

Edição

Seção

Dossiê