TEATRO DE OBJETOS: REFLEXOS DE UMA ERA

Autores

  • Maria de Fátima de Souza Moretti Universidade Federal de Santa Catarina
  • Larissa Christina Siedschlag Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22456/2236-3254.87839

Palavras-chave:

teatro de objetos, Maio de 68, vanguardas.

Resumo

O Teatro de Objetos se desenvolveu na França, na década de 1980 impulsionado pelo encontro de diversos artistas que propunham uma maneira diferente de se relacionar com o objeto. Ao investigar mais a fundo sua proposição percebe-se que o Teatro de Objetos é o reflexo do pensamento de uma época e que há uma intensa relação entre ele e outras áreas e linguagens artísticas. A partir disso, o artigo pretende investigar as transformações ocorridas no século XX que influenciaram direta ou indiretamente a criação do Teatro de Objetos. Ao perceber o caminho que o objeto traça e suas ressignificações ao longo do tempo, bem como o contexto social e político, passando por acontecimentos como as vanguardas, as guerras e o Maio de 68, é possível conhecer as camadas que estruturaram o Teatro de Objetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima de Souza Moretti, Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Artes - Professora Doutora do Curso de Artes Cênicas, nas áres de Teatro de Animação e Improvisação.

Larissa Christina Siedschlag, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil e bolsista CNPq pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC).

Downloads

Publicado

2019-01-12

Como Citar

Moretti, M. de F. de S., & Siedschlag, L. C. (2019). TEATRO DE OBJETOS: REFLEXOS DE UMA ERA. Cena, (27), 35–46. https://doi.org/10.22456/2236-3254.87839

Edição

Seção

Artigos