Práticas educativas no cotidiano de mulheres do Alto Sertão Baiano (1885-1950)

Autores

Palavras-chave:

Práticas educativas, mulheres, Anísio Teixeira, Alto Sertão baiano, cultura escrita

Resumo

 O artigo analisa práticas educativas vivenciadas por mulheres da família Spínola Teixeira no período de 1885 a 1950. Influente econômica, social e politicamente no Alto sertão da Bahia e no Estado, essa família se projetou nacionalmente pela atuação de Anísio Teixeira no desenvolvimento educacional brasileiro na primeira metade do século XX. Analisamos as correspondências pessoais produzidas pela matriarca Anna Spinola Teixeira (1864-1944) e suas seis filhas, dialogando com os estudos em História da Educação, História da Leitura e História das Culturas do Escrito. Identificamos o papel ativo das mulheres em práticas educativas não institucionalizadas: se informavam sobre política e atualidades pela leitura de jornais e revistas; enviavam esses impressos para as irmãs e sobrinhas/os de outras localidades; instruíam seus irmãos e irmãs no ambiente doméstico; acompanhavam o desenvolvimento escolar dos familiares e noticiavam pelas cartas os progressos e desafios profissionais e educacionais, constituindo uma complexa rede de sociabilidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Yumi Jinzenji (Brasil), Universidade Federal de Minas Gerais - Faculdade de Educação

Professora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. Integrada à Linha de Pesquisa História da Educação.

     

Zélia Malheiro Marques (Brasil), Universidade do Estado da Bahia (UNEB)- Campus VI - CaetitéDepartamento de Ciências Humanas

Professora Assistente da Universidade do Estado da Bahia (UNEB)- Campus VI - Caetité
Departamento de Ciências Humanas; professora do Instituto de Educação Anísio Teixeira.

Doutoranda em Educação na UFMG 

 

Downloads

Publicado

2022-03-29

Como Citar

Jinzenji (Brasil), M. Y., & Marques (Brasil), Z. M. (2022). Práticas educativas no cotidiano de mulheres do Alto Sertão Baiano (1885-1950). Revista História Da Educação, 26. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/112228

Edição

Seção

Artigo / Article / Artículo