Nos porões da Glória: uma reflexão sobre arquivos pessoais, Teixeirinha e alguns cruzamentos entre História e Antropologia

Autores

  • Francisco Alcides Cougo Junior Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Nicole Isabel dos Reis Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Arquivos pessoais, memória, Teixeirinha, História & Antropologia, Teoria da História e Historiografia

Resumo

No presente artigo os autores propõem um debate acerca da importância dos arquivos pessoais e dos mecanismos de criação, manutenção e desmembramento pelos quais passam os acervos privados. A partir da experiência empírica com a documentação do artista Teixeirinha (Vitor Mateus Teixeira, 1927-1985), temas como a idéia de “ilusão de verdade” ante os documentos, a instituição de entidades para a preservação do patrimônio e memória e as relações interdisciplinares entre História e Antropologia são discutidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Alcides Cougo Junior, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Licenciado em História pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e mestrando em História na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bolsista do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). Contato: chicocougo@gmail.com

Nicole Isabel dos Reis, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Antropologia Social e estudante de doutorado em Antropologia Social na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsista de Doutorado CNPq. Bolsista de Doutorado-Sanduiche CAPES na Columbia University em Nova York (2008/2009).

Downloads

Publicado

2009-06-17

Como Citar

COUGO JUNIOR, F. A.; DOS REIS, N. I. Nos porões da Glória: uma reflexão sobre arquivos pessoais, Teixeirinha e alguns cruzamentos entre História e Antropologia. Revista Aedos, [S. l.], v. 1, n. 1, 2009. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/9819. Acesso em: 3 jul. 2022.