Os Estados Unidos de encontro a um novo século: políticas de tempo na pós-modernidade

Autores

  • Sandro Marques dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

pós-modernidade, Estados Unidos, políticas de tempo, presentismo, neoliberalismo.

Resumo

Os Estados Unidos nasceram como uma república pautada pelo futuro. Entretanto, a partir da década de 1980, uma mudança pôde ser sentida. O abalo de muitas das premissas que haviam guiado o país até aquele momento tornou-se um desafio para o futurismo no país. Antes o lugar para o qual todos direcionavam seu olhar com esperança, o lugar para o qual o passado e o presente se submetiam, cada vez mais o futuro emergiu como uma perspectiva obscura e indesejável, marcando uma nova forma de relação com o tempo. Essa mutação é parte de um processo mais amplo de transformação da modernidade na “pós-modernidade”, em que vimos muitos dos princípios determinantes da modernidade radicalmente transformados. Meu objetivo é analisar uma dessas transformações, a crise da ordem do tempo, como ela foi refletida e respondida no campo da política norte-americana e as políticas de tempo dela surgidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-16

Como Citar

MARQUES DOS SANTOS, S. Os Estados Unidos de encontro a um novo século: políticas de tempo na pós-modernidade. Revista Aedos, [S. l.], v. 11, n. 25, p. 446–483, 2020. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/90830. Acesso em: 4 jul. 2022.