História e política: Fontes documentais como lugares de memória e a análise do processo eleitoral de 1945 no Estado do Piauí

Autores

  • Jackson Dantas de Macedo Mestrando do programa de pós graduação em História do Brasil da Universidade Federal do Piauí
  • Marylu Alves de Oliveira Professora adjunta da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Petrônio Portella.

Palavras-chave:

Memória, política e eleições

Resumo

Esse artigo é o desdobramento de uma pesquisa que está sendo elaborada para o Programa de Pós-graduação em História do Brasil da Universidade Federal do Piauí. Sua proposta consiste em problematizar a organização do processo eleitoral ocorrido em 1945, a formação dos partidos políticos para a disputa do pleito, o alistamento dos eleitores e o resultado das eleições, voltando-nos exclusivamente ao Estado do Piauí. As fontes analisadas para a construção desse estudo foram dados colhidos junto ao IBGE e ao TRE-PI, referente ao alistamento eleitoral no Estado do Piauí em 1945 e ao resultado oficial do pleito, no que se refere ao número de votantes e organização dos trabalhadores. Além das fontes supracitadas, também trabalhamos com verbetes colhidos no site do CPDOC. Para darmos inteligibilidade às fontes, nos amparamos em algumas produções historiográficas que versaram sobre o tema tanto no âmbito nacional, como voltadas ao Estado do Piauí.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jackson Dantas de Macedo, Mestrando do programa de pós graduação em História do Brasil da Universidade Federal do Piauí

Graduado em História pela Universidade Federal do Piauí, campus Senador Helvídeo Nunes de Barros - CSHNB-UFPI. Pós-Graduado em nível de especialização em História do Brasil pela Faculdade de Ciência e Educação do Capareó (FACEC) . Mestrando em História do Brasil pelo Programa de Pós Graduação em História do Brasil - PPGHB-UFPI. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil República, história política e história cultural, atuando principalmente no campo da pesquisa com os seguintes enfoques: História e cidades, Estado Novo (Período ditatorial de Getúlio Vargas) e processo de redemocratização de 1945.

Marylu Alves de Oliveira, Professora adjunta da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Petrônio Portella.

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Piauí (2005), mestrado em História do Brasil pela Universidade Federal do Piauí (2008) e doutorado em História Social pela Universidade Federal do Ceará (2016). Pesquisa as seguintes temáticas: Cultura Política, Anticomunismo, Partidos Políticos, PTB, Trabalhismo e Trabalho. Professora efetiva da Universidade Federal do Piauí,Campus Ministro Petrônio Portella.

Downloads

Publicado

2019-03-01

Como Citar

DE MACEDO, J. D.; DE OLIVEIRA, M. A. História e política: Fontes documentais como lugares de memória e a análise do processo eleitoral de 1945 no Estado do Piauí. Revista Aedos, [S. l.], v. 10, n. 23, p. 75–94, 2019. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/87412. Acesso em: 3 jul. 2022.