O crime de moeda falsa e sua abordagem pelo jornal Diário do Rio de Janeiro, 1840-1869

Autores

Palavras-chave:

Crime de moeda falsa, Moedeiros falsos, Portugal

Resumo

Este artigo analisa as matérias referentes ao crime de moeda falsa que foram publicadas no jornal Diário do Rio de Janeiro, entre 1840 e 1869. O crime em questão envolve a falsificação de dinheiro, seja ele moeda metálica seja de papel, e constitui ação presente no cotidiano de várias sociedades, cujas características específicas variam conforme a época e o local. Com base em um corpus de 477 matérias, parte de um conjunto maior de fontes sobre o assunto, realizamos algumas reflexões sobre o crime de moeda falsa. Primeiramente, são discutidos os tipos de matérias nas quais o assunto ganhou visibilidade nas páginas do Diário. Em um segundo momento, apresenta-se uma das principais explicações para a introdução de dinheiro falso no Brasil no referido período: a responsabilização de Portugal

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Pereira de Arruda, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Doutor em História, Mestre em Comunicação Social, Graduado em História (Licenciatura e Bacharelado), pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Elizabeth Aparecida Duque Seabra, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Graduada e mestre em História pela Universidade Federal de Minas Gerais. Doutora em Educação pela Unicamp. Professora da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Ednalma Leticya Santiago Vial Ribeiro, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Graduada em Direito. Mestranda do curso Mestrado Profissional Interdisciplinar em Ciências Humanas, da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Downloads

Publicado

2018-09-11

Como Citar

ARRUDA, R. P. de; SEABRA, E. A. D.; RIBEIRO, E. L. S. V. O crime de moeda falsa e sua abordagem pelo jornal Diário do Rio de Janeiro, 1840-1869. Revista Aedos, [S. l.], v. 10, n. 22, p. 140–165, 2018. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/79170. Acesso em: 28 nov. 2022.