Projeto Conectividade: as ações afirmativas e o estudo da cultura afro-brasileira no contexto do Telecurso 2000

Autores

  • Elisiane da Silva Soares

Palavras-chave:

História, cultura afro-brasileira, ações afirmativas, Telecurso 2000.

Resumo

O estudo da cultura afro-brasileira é amparado pela Lei 10.639/03. Tendo ciência da importância da mesma para o entendimento e reconhecimento do multiculturalismo da sociedade brasileira e, ao mesmo tempo, tendo presente que atualmente estamos cada vez mais em rede acredita-se que o tema A luta dos escravos, produzido pela décima aula do Ensino Fundamental do Programa Telecurso 2000, possibilita vários questionamentos referentes à representação da escravidão pelo programa. O presente artigo faz parte do Projeto de Pesquisa Conectividade e apresenta uma proposta de estudo que intenta refletir sobre a contribuição do Telecurso 2000 para o desenvolvimento de um indivíduo autônomo e crítico. Procura-se também estabelecer um diálogo entre a Lei 10.639/03, os Parâmetros Curriculares Nacionais de 1998 e as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2004 buscando mapear como estes apresentam esta proposta de estudo. A teleaula, nosso objeto de análise, procura discutir e refletir os seguintes conceitos: escravidão, resistência, contribuições dos negros africanos, entre outros. Também é possível estabelecer a necessidade reflexiva sobre as orientações teóricas, que segundo o programa, o orientam, fundamentações estas baseadas nos pensadores como Paulo Freire, Dom Helder Câmara, Célestin Freinet e Jean Piaget, os quais são considerados pela PRODUÇÃO como inspiração de suas práticas, métodos e processos. Como conclusão provisória percebe-se a ausência de referencial dos teóricos na metodologia presente na aula em estudo, assim como o distanciamento com a historiografia recente sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-07-20

Como Citar

DA SILVA SOARES, E. Projeto Conectividade: as ações afirmativas e o estudo da cultura afro-brasileira no contexto do Telecurso 2000. Revista Aedos, [S. l.], v. 7, n. 16, p. 267–281, 2015. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/57021. Acesso em: 8 dez. 2022.