O PODER LEGITIMADOR DAS REPRESENTAÇÕES NOS RELEVOS ASSÍRIOS

Autores

  • Leandro Barbosa dos Santos Universidade Luterana do Brasil

Palavras-chave:

Assíria, rei, Legitimação, representação, iconografia, Mesopotâmia.

Resumo

Este artigo tem como objetivo abordar algumas das representações elucidando-as por meio da análise dos relevos e fontes textuais assírias datadas do I milênio a.C. Estas fontes nos abastecem com informações a respeito da autoridade divina do rei, as táticas militares e práticas de flagelo, estas concebidas nas reproduções de morte e guerra contidas nos relevos.  Estes elementos também destacam algumas das concepções políticas que fundamentavam a constituição do império Assírio. Neste sentido analisaremos o tratamento oferecido aos povos sobrepujados, compreendendo algumas peculiaridades que buscam a legitimação do poder através da imagem do rei, da guerra e violência. Receberão destaque as representações seguidas de concepções ideológicas, implícitas na composição dos relevos, estes que descrevem às batalhas, que foram amplamente representadas e documentadas em diversos locais nos palácios assírios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Barbosa dos Santos, Universidade Luterana do Brasil

Bacharel em Teologia, e formando dos cursos de licenciatura e bacharelado em história da universidade Luterana do Brasil, atuou em diversas atividades acadêmicas. Dentre elas foi bolsista do PROICT ULBRA (Programa de Iniciação Científica e Tecnologia) e membro do grupo de estudos do Laboratório de Pesquisa do Mundo Antigo (Lapema), pesquisa fomentada pela FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul). Também foi participante do projeto em história Oral do Museu de Porto Alegre Joaquim José Felizardo, pesquisa esta que é vinculada à ULBRA, o nome do projeto é Narrar Outras Memórias, Contar Outras Histórias: Museu, Comunidade e Patrimônio Cultural. Integrou ainda o projeto "As Narrativas Preservacionistas e o Museu de Porto Alegre: Memória, Patrimônio Cultural e Identidades (1970-1980)", pesquisa esta vinculada à ULBRA. Fez parte do projeto de educação patrimonial Caixa de Memórias, que é mantido pela secretaria de Cultura da prefeitura Municipal de Porto Alegre. Atualmente é bolsista do PIBID ULBRA/CAPES (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) na qual exerce a função de professor de História na Escola Municipal de Educação Fundamental Guajuviras, na cidade de Canoas, onde desenvolve um projeto de história Oral com a comunidade intitulado: Resgatando Identidades a partir da Memória Canoense no bairro Guajuviras”.

Downloads

Publicado

2013-12-22

Como Citar

BARBOSA DOS SANTOS, L. O PODER LEGITIMADOR DAS REPRESENTAÇÕES NOS RELEVOS ASSÍRIOS. Revista Aedos, [S. l.], v. 5, n. 13, 2013. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/41790. Acesso em: 29 nov. 2022.