Releituras da Cultura Marginal nos anos 1980: o caso de Torquato Neto

Autores

Palavras-chave:

Cultura Marginal, Ditadura Civil-militar, História e Literatura

Resumo

Este artigo procura investigar releituras feitas sobre a Cultura Marginal dos anos 1960 e 1970 durante a década posterior. Para tanto, optou-se por focar no exemplo de Torquato Neto, um autor que apenas foi publicado em livro após a sua morte em 1972 e que nos anos após a sua morte foi associado ao fenômeno literário da Poesia Marginal. A escolha por este autor foi feita porque sua morte precoce e o fato de que sua obra literária foi construída postumamente fez com que esta se tornasse objeto preferencial de diversas releituras e debates sobre a produção artística e literária durante a ditadura civil-militar. Assim, acompanhando algumas destas releituras e debates, foi possível traçar alguns dos motivos pelos quais a Cultura Marginal foi intensamente criticada durante o período de abertura e foi por tanto compreendida como uma produção inferior no campo cultural brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-10-07

Como Citar

CABO, J. S. Releituras da Cultura Marginal nos anos 1980: o caso de Torquato Neto. Revista Aedos, [S. l.], v. 13, n. 28, p. 355–394, 2021. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/116135. Acesso em: 27 jun. 2022.