Voltar aos Detalhes do Artigo Alforrias e contratos de trabalho: escravos rio-grandenses em estâncias uruguaias (meados do século XIX) Baixar Baixar PDF