Alforria e agência nas últimas décadas da escravidão – Rio Pardo/RS

Autores

  • Melina Kleinert Perussatto UNISINOS

Palavras-chave:

alforria, agência, legislação emancipacionista, liberdade, escravidão,

Resumo

O ato da alforria tem suscitado diferentes percepções: seria, predominantemente, uma concessão senhorial ou uma conquista escrava? Nossa proposta reside em problematizar essa questão por meio de exercícios junto às fontes judiciais e notariais produzidas nas últimas décadas da escravidão em Rio Pardo/RS, considerando o impacto e usos da legislação emancipacionista de 1871 e seu regulamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Melina Kleinert Perussatto, UNISINOS


Downloads

Publicado

2009-12-19

Como Citar

PERUSSATTO, M. K. Alforria e agência nas últimas décadas da escravidão – Rio Pardo/RS. Revista Aedos, [S. l.], v. 2, n. 4, 2009. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/11191. Acesso em: 7 jul. 2022.