A arbitrariedade policial e a liberdade ameaçada – Florianópolis, primeiras décadas do século XX.

Autores

  • Janete Eloi Guimarães

Palavras-chave:

Polícia, Arbitrariedades, HabeasCorpus.

Resumo

As discussões acerca do serviço policial na capital catarinense remontam ao período monárquico, todavia será após a instauração da República que este será discutido com mais empenho. Dentre as reclamações, a constante falta de decoro das praças que compunham o Regimento de Segurança, encontrados frequentemente envolvidos nos conflitos – muitas vezes como protagonistas – aos quais deveriam mediar ou impedir. Algumas das ações policiais foram questionadas por habeas corpus impetrados no período, o que nos possibilita observar, tanto sobre as arbitrariedades policiais; quanto sobre quem optava pelo recurso legal, e de que maneira construía sua narrativa para o poder judiciário, apontando as formas pelas quais via sua liberdade ameaçada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-01-14

Como Citar

ELOI GUIMARÃES, J. A arbitrariedade policial e a liberdade ameaçada – Florianópolis, primeiras décadas do século XX. Revista Aedos, [S. l.], v. 2, n. 4, 2010. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/aedos/article/view/10939. Acesso em: 7 jul. 2022.