CARACTERIZAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL, NÍVEL COGNITIVO E FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA DE IDOSAS COM SÍNDROME PARKINSONIANA

Autores

  • Caren Schlottfeldt Fleck Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil.
  • Laís Rodrigues Gerzson
  • Eduardo Matias dos Santos Steidl Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
  • Nathaly Marin Hernandez

DOI:

https://doi.org/10.22456/2316-2171.40548

Palavras-chave:

Envelhecimento, Síndrome Parkinsoniana, Desempenho funcional

Resumo

Este estudo teve como objetivo caracterizar uma população idosa asilar com síndrome parkinsoniana quanto à força muscular respiratória, nível cognitivo e independência nas atividades de vida diária. O estudo caracterizou-se como uma série de casos prospectivos, na qual a amostra foi constituída por sete idosas diagnosticadas com síndrome parkinsoniana. O estado cognitivo das participantes foi avaliado por meio do Mini-Exame de Estado Mental, a capacidade funcional pelo Índice de Katz e a força muscular respiratória (inspiratória e expiratória) por manovacuometria. Os resultados deste estudo demonstraram que, em relação ao nível cognitivo, 71,44% das idosas apresentaram perda cognitiva moderada; na capacidade funcional, a maioria apresentou independência parcial (57,14%) e a força muscular respiratória se apresentou abaixo do esperado. Através dos resultados, foi possível concluir que, além do próprio envelhecimento, a SP pode ter influenciado de maneira negativa os aspectos cognitivos, a força muscular respiratória e a capacidade funcional das idosas avaliadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caren Schlottfeldt Fleck, Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil.

Fisioterapeuta (UNICRUZ), mestre em Ciências Médicas (UFRGS), professora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil.

Laís Rodrigues Gerzson

Fisioterapeuta (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil.

Eduardo Matias dos Santos Steidl, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Fisioterapeuta (UNIFRA), mestrando em Distúrbios da Comunicação Humana (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil.

Nathaly Marin Hernandez

Fisioterapeuta (UNIFRA), especializanda em Terapia Intensiva: Ênfase em Oncologia e Controle de Infecção Hospitalar (UNIFRA) e em Reabilitação Físico-Motora (UFSM), Santa Maria,RS, Brasil.

Referências

ALVES, Márcio José Martins et al. Perfil da Capacidade Funcional do Idoso. Anais, XVI Encontro Nacional de Estudos Populacionais, Caxambu, 2008. p 1-18.

BONARDI, Gislaine et al. Incapacidade funcional e idosos: um desafio para os profissionais de saúde. Scientia Medica, Porto Alegre, v. 17, n. 3, p. 138-144, Jul./Set. 2007.

CADER, Samária et al. Efeito do treino dos músculos inspiratórios sobre a pressão inspiratória e a autonomia funcional de idosos asilados. Motricidade, Vila Real, v. 3, n. 1, p. 279-288, Jan. 2007.

CARDOSO, Maria Cristina et al. Análise da capacidade funcional dos idosos de Porto Alegre e sua associação com autopercepção de saúde. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 111-124, Jun. 2012.

CASTRO, Keithlen Cruz Moreira de; GUERRA, Ricardo Oliveira. Impacto do desempenho cognitivo na capacidade funcional em uma amostra populacional de idosos do nordeste brasileiro. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 66, n. 4, p. 809-813, Dez. 2008.

COSTA, Maria do Desterro Leiros da et al. Alterações de neuroimagem no parkinsonismo: estudo de cinco casos. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 61, n. 2-B, p. 381-386, Jun. 2003.

FANÒ, Giorgio et al. Age and sex influence on oxidative damage and functional status in human skeletal muscle. Journal of Muscle Research and Cell Motility, London, v. 22, n. 4, p. 345-351, May 2001.

FERRAZ, Henrique Ballalai; MOURÃO, Lucia Figueiredo. Doença de Parkinson. In: CHIAPPETTA, Ana Lúcia de Magalhães Leal (Org.). Conhecimentos essenciais para atender bem o paciente com doenças neuromusculares, Parkinson e Alzheimer. São José dos Campos: Pulso, 2003, p. 45-54.

FERREIRA, Fernanda Vargas et al. Doença de Parkinson – Força muscular respiratória e atividades de vida diária: relato de caso. Revista Congrega Urcamp, Bagé, n. 3, p. 21-30, 2009.

_________. A relação da postura corporal com a prosódia na Doença de Parkinson: estudo de caso. Revista CEFAC, São Paulo, v. 9, n. 3, p. 319-29, Jul./Set. 2007.

FOLSTEIN, Marshal F. et al. Mini-Mental State: a practical method for grading the cognitive state of patients for the clinician. Journal of Psychiatric Research, Stanford, v. 12, n. 3, p. 189-98, Nov. 1975.

FRANCISCO, Priscila Maria Stolses Bergamo et al. Fatores associados à doença pulmonar em idosos. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 40, n. 3, p. 428-35, Jun. 2006.

GALHARDO, Mônica Maria de Azevedo Mello Carvalho et al. Caracterização dos distúrbios cognitivos na doença de Parkinson. Revista CEFAC, São Paulo, v. 11, supl. 2, p. 251-257, 2009.

GIACOMIN, Karla Cristina et al. Estudo de base populacional dos fatores associados à incapacidade funcional entre idosos na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 6, p. 1260-1270, Jun. 2008.

GORDILHO, Adriano et al. Desafios a serem enfrentados no terceiro milênio pelo setor saúde na atenção integral ao idoso. Rio de Janeiro: Universidade Aberta da Terceira Idade – UnATI, 2000.

GOULART, Fátima et al. Análise do desempenho funcional em pacientes portadores de doença de Parkinson. Acta Fisiátrica, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 12-16, Abr. 2004.

IKE, Daniela et al. Análise da incidência de quedas e a influencia da fisioterapia no equilíbrio e na estabilidade postural de pacientes com doença de Parkinson. Revista Fisioterapia Brasil, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 4-8, Jan./Fev. 2008.

KATZ, Sidney et al. Studies of illness in the aged. The index of ADL: a standardized measure of biological and psychosocial function. JAMA: The Journal of The American Medical Association, Chicago, v. 185, n. 12, p. 914-919, Sep. 1963.

LAKS, Jerson et al. Prevalence of cognitive and functional impairment in community-dwelling elderly: importance of evaluating activities of daily living. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 63, n. 2a, p. 207-212, Jun. 2005.

LANA, R. C. et al. Percepção da Qualidade de Vida de indivíduos com doença de Parkinson através do PDQ-39. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 11, n. 5, p. 397-402, Set./Out. 2007.

LEVY, Susan M. Avaliação multidimensional do paciente idoso. In: GALLO, Joseph J. (Ed.) et al. Reichel assistência ao idoso: aspectos clínicos do envelhecimento. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2001, p. 15-29.

MATA, Fabiana Araújo Figueiredo da; BARROS, Alcidezio Luiz Sales; LIMA, Cláudia Fonseca. Avaliação do risco de quedas em pacientes com Doença de Parkinson. Revista Neurociências, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 20-24, 2008.

MAZO, Giovana Zarpellon et al. Programa de hidroginástica para idosos: motivação, auto-estima e auto-imagem. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 67-72, Jun. 2006.

MEIRELES, Aline Estrela et al. Alterações neurológicas fisiológicas ao envelhecimento afetam o sistema mantenedor do equilíbrio. Revista Neurociências, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 103-108, 2010.

MENEZES, Letícia Neiva; VICENTE, Laélia Cristina Caseiro. Envelhecimento vocal em idosos institucionalizados. Revista CEFAC, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 90-98, Jan./Mar. 2007.

NEDER, José Alberto et al. Reference values for lung function tests. II. Maximal respiratory pressures and voluntary ventilation. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Ribeirão Preto, v. 32, n. 6, p. 719-727, Jun. 1999.

PAPALÉO NETTO, Matheus; KLEIN, Eva Lucila; BRITO, Francisco Carlos de. Avaliação geriátrica multidimensional. In: CARVALHO FILHO, Eurico Thomaz de; PAPALÉO NETTO, Matheus. Geriatria – fundamentos, clínica e terapêutica. São Paulo: Atheneu, 2005, p. 73-85.

PARREIRA, Verônica Franco et al. Padrão respiratório em pacientes portadores da doença de Parkinson e em idosos assintomáticos. Acta Fisiátrica, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 61-66, Ago. 2003.

PAULO, Thaís Reis Silva de et al. O exercício físico funcional para idosos institucionalizados: um novo olhar para as atividades da vida diária. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 17, n. 2, p. 413-427, Dez. 2012.

REICHEL, William; GALLO, Joseph J. Princípios fundamentais da assistência ao idoso. In: GALLO, Joseph J. (Ed.) et al. Reichel – assistência ao idoso, aspectos clínicos do envelhecimento. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001, p. 03-14.

SANT, Cíntia Ribeiro de et al. Abordagem fisioterapêutica na Doença de Parkinson. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 5, n. 1, p. 80-89, Jan./Jun. 2008.

SANTOS, Milena Lisboa Couto dos; ANDRADE, Marinúbia Chaves de. Incidência de quedas relacionada aos fatores de riscos em idosos institucionalizados. Revista Baiana de Saúde Pública, Salvador, v. 29, n. 1, p. 57-68, Jan./Jun. 2005.

SOUZA, Cheylla Fabricia de Medeiros et al. A doença de Parkinson e o processo de envelhecimento motor: uma revisão de literatura. Revista de Neurociências, São Paulo, v. 19, v. 4, p. 718-723, 2011.

STEIDL, Eduardo Matias dos Santos et al. Doença de Parkinson: revisão bibliográfica. Disciplinarum Scientia, Santa Maria, v. 8, n. 1, p. 115-129, 2007.

STELLA, Florindo et al. Depressão no idoso: diagnóstico, tratamento e benefícios da atividade física. Motriz, Rio Claro, v. 8, n. 3, p. 91-98, Ago./Dez. 2002.

TRINDADE, Thaís Marinho et al. Capacidade pulmonar de idosos praticantes de hidroginástica. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 16, n. 1, p. 79-96, Jun. 2011.

Downloads

Publicado

2014-08-19

Como Citar

Fleck, C. S., Gerzson, L. R., Steidl, E. M. dos S., & Hernandez, N. M. (2014). CARACTERIZAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL, NÍVEL COGNITIVO E FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA DE IDOSAS COM SÍNDROME PARKINSONIANA. Estudos Interdisciplinares Sobre O Envelhecimento, 19(1). https://doi.org/10.22456/2316-2171.40548

Edição

Seção

Artigos