“O que me motiva é perseguir o que é ser livre hoje”: uma conversa com Marcelo Cidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2179-8001.80120

Palavras-chave:

Entrevista, Marcelo Cidade, Espaço público, Violência, Liberdade.

Resumo

Em entrevista a Felipe Scovino, o artista Marcelo Cidade revisita diferentes trabalhos que realizou ao longo das décadas de 2000 e 2010, apontando suas motivações e comentando as dimensões críticas dessa obra, comumente voltada ao espaço público, seja como campo de ação, seja como temática. Da conversação, emergem temas como as relações entre arte e crime, passando por questões ligadas ao medo, à vigilância social, à violência institucionalizada e ao exercício da liberdade. A entrevista aborda ainda o diálogo entre a produção artística contemporânea e a tradição histórica e historiográfica da arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Scovino, Escola de Belas Artes (UFRJ)

Professor da Escola de Belas Artes (UFRJ) e atualmente coordena o Programa de Pós-graduação em Artes Visuais dessa mesma instiuição. Atua também como crítico de arte e curador. Dentre as suas curadorias destacam-se O lugar da linha (Paço das Artes, São Paulo; MAC, Niterói, 2010) e, em parceria com Paulo Sergio Duarte, Lygia Clark: uma retrospectiva (Itaú Cultural, São Paulo, 2012).

Marcelo Cidade

Formado em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em São Paulo, cidade onde vive e trabalha. Cidade cria obras que expressam conflitos sociais complexos e trazem sinais e situações da rua para espaços dedicados à arte. Um de seus interesses particulares é o espaço público de áreas urbanas e o fluxo tecnológico da nossa sociedade de vigilância. Dentre as exposições individuais recentes, estão Nulo ou em Branco, Galeria Vermelho, São Paulo (2016), (Un)Monument for V. Tatlin, Galleria Continua, San Gemigniano (2015), e Somewhere, Elsewhere, Anywhere, Nowhere, Kadist Art Foundation, San Francisco (2014

Referências

Entrevista.

Arquivos adicionais

Publicado

2017-12-30

Como Citar

Scovino, F., & Cidade, M. (2017). “O que me motiva é perseguir o que é ser livre hoje”: uma conversa com Marcelo Cidade. PORTO ARTE: Revista De Artes Visuais, 22(37). https://doi.org/10.22456/2179-8001.80120

Edição

Seção

DOSSIÊ: A hora das entrevistas | DOSSIER: Interview time