A ruína do espaço na construção de queda

Autores

  • Raul Dotto Rosa Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.22456/2179-8001.124260

Palavras-chave:

Arte Contemporânea, Poéticas Visuais, Espaço Expositivo, Instalação

Resumo

Este artigo apresenta o processo de duas instalações, elaboradas no ano de 2019. Trabalhos que sugerem transformar a experiência física de uma galeria de arte, por meio de interrupções no percurso habitual do espaço expositivo, a partir do estudo arquitetural da Sala de Exposições Cláudio Carriconde. Para tanto, discute-se o conceito de instalação, defendido por Claire Bishop, entendido na interdependência entre objeto, espectador e espaço, a fim de colaborar com o pensamento sobre as relações espaciais nas práticas tridimensionais contemporâneas.

Abstract

This paper presents the process of two installations, created in 2019. Works that suggest transforming the physical experience of an art gallery, through interruptions in the usual route of the exhibition space, based on the architectural study of the Cláudio Carriconde Exhibition Room. Therefore, the concept of installation, defended by Claire Bishop, is discussed, understood in the interdependence between object, spectator and space, in order to collaborate with the thinking about spatial relations in contemporary three-dimensional practices.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raul Dotto Rosa, Universidade Federal de Santa Maria

Artista. Doutorando em Artes Visuais pela UFSM com bolsa CAPES. Mestre em Artes Visuais com ênfase em Arte e Tecnologia pela UFSM. Bacharel em Artes Visuais com formação em Objeto e Multimeios pela UFSM. Integrante do Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais - LABART/UFSM. Integrante do Grupo de Pesquisa Arte e Tecnologia/CNPq; Grupo de Pesquisa em Fotografia LabFoto; e Grupo de Pesquisa Objeto Multimídia/CNPq. Trabalha com objetos computacionais e tridimensionais. Sua pesquisa busca discutir o impacto das tecnologias atuais na formação da autoimagem, na perspectiva das Ciências Cognitivas e da Filosofia da Informação. Professor substituto de escultura no Departamento de Artes Visuais/UFSM.

Referências

BISHOP, Claire. Installation art: a critical history. Londres: Routledge, 2005.

RANCIÈRE, Jacques. O espectador emancipado. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

NANCY, Jean-Luc. Arquivida: do sensciente e do sentido. São Paulo: Iluminuras, 2014.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-02-28

Como Citar

Rosa, R. D. . (2022). A ruína do espaço na construção de queda. PORTO ARTE: Revista De Artes Visuais, 26(46). https://doi.org/10.22456/2179-8001.124260

Edição

Seção

DOSSIÊ: Espaços Maleáveis