Pequenos Planetas da Amazônia

Autores

  • Maximilian Medeiros Rodrigues Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/2179-8001.123768

Palavras-chave:

Água., Amazônia, Paisagem, Planetas da Amazônia, Imagem digital

Resumo

Resumo
O artista amazonense Maxi Rodrigues mostra seus trabalhos sobre as águas amazônicas, ao capturar imagens digitais durante os seus deslocamentos e navegações pelos rios e igarapés que rodeiam e penetram a cidade de Manaus e regiões próximas. Com a série Pequenos Planetas da Amazônia (2021) ele nos mostra as paisagens amazônicas modificadas digitalmente com o intuito de trazer camadas de  significados, através das memórias contidas na diversidade dos rios em seus trajetos que perpassam a floresta e as comunidades ribeirinhas.

 

Abstract

The Amazonian artist Maxi Rodrigues shows his works on Amazonian waters, capturing digital images during his travels and navigations through the rivers and streams that surround and penetrate the city of Manaus and nearby regions. With the series Pequenos Planetas da Amazônia (2021) he shows us the digitally modified Amazonian landscapes in order to bring layers of meaning, through the memories contained in the diversity of rivers in their paths that cross the forest and riverside communities.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maximilian Medeiros Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil

Mestrando em Poéticas Visuais na UFRGS com orientação da Prof.ª Dra.ª Teresinha Barachini.  Graduado em Licenciatura em Artes Visuais pela UFAM (2017). Artista visual com produção em vídeo, fotografia, e processos híbridos. Atualmente integra o grupo de pesquisa Objeto e Multimídia (UFRGS) e atua no projeto de pesquisa Práticas Urbanas: Poéticas da Aproximação (UFRGS).  É professor de Artes na Cidade de Manaus, na Secretaria de Educação do Estado do Amazonas, desde 2020. Pesquisa e trabalha com fotografia e manipulação digital. Trabalha com captura de imagem com o smartphone e manipulação digital, expõe sua produção nas plataformas Instagram, Facebook e em seu site. Utiliza a câmera de seu smartphone e caminha entre a cidade e a floresta para capturar imagens que contrastam entre o urbano e a natureza na Amazônia. A busca pelo elemento água como fonte reflexão tanto na cidade quanto na floresta se torna muito relevante em seu trabalho. Além disso suas vivências pessoais e memórias afetivas refletem em seu processo criativo com forte influência das artes digitais. Os resultados são trabalhos com percepções subjetivas sobre novas camadas, possibilidades e mundos.

Referências

S/referências

Arquivos adicionais

Publicado

2021-12-22

Como Citar

Rodrigues, M. M. (2021). Pequenos Planetas da Amazônia. PORTO ARTE: Revista De Artes Visuais, 26(46). https://doi.org/10.22456/2179-8001.123768

Edição

Seção

Ensaio Visual | Visual Essay