[1]
G. T. M. Assano, “Os sentidos do grito: modulações de esperança e melancolia na canção “Um grito parado no ar” (1973/2013) e de horror na canção ‘Febre do rato’ (2020)”, NL, vol. 17, nº 2, p. 114–143, dez. 2021.