Formação, literatura e cultura: O rio de volta à terra

Autores

  • Christian Muleka Mwewa Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL)
  • Ana Lúcia Sá ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.22456/1981-4526.20208

Palavras-chave:

Literatura Africana, Formação subjetiva, Mia Couto e Manuel Rui

Resumo

O presente artigo tem como um dos objetivos verificar o ponto de inflexão da cultura como meio para a formação do sujeito. Por meio da análise do personagem Marianinho no romance Um rio chamado Tempo, Uma casa chamada Terra, do moçambicano Mia Couto e da análise do personagem Noíto do romance Rioseco, do angolano Manuel Rui abordamos o encontro de culturas como nó de construção de conhecimento contextual. Nossas analises indicam que a educação de Marianinho demonstra os possíveis graus de relação que podemos estabelecer com o contexto social, e como a cultura de Noíto faz-se presente pelas evocações memorialísticas. Neste sentido, argumentamos que os caminhos percorridos pelos dois, Marianinho e Noíto, criam espaços de convergência de cultura, um espaço inter-, e de encontro de códigos entremeados em teias de progressivas compreensões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christian Muleka Mwewa, Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL)

Doutor em Ciências da Educação (2010) com estágio doutoral na Université Paris I Panthéon-Sorbonne (2008). Professor em Tempo Integral no Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Membro da Equipe Editorial da Revista POIÉSIS (Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Sul de Santa Catarina). Coordenador da Coleção Cenários na Editora Nova Harmonia - São Leopoldo - RS.

Ana Lúcia Sá, ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa

Doutora pela Universidade da Beira Interior (Covilhã – Portugal). Autora de artigos e de livros sobre reflexões sociológicas a partir da literatura, com vista à formação de cidadania em Angola. Membro da Direção do Centro de Estudos Internacionais de Biologia e Antropologia, em Barcelona. Membro da Equipe Editorial da Coleção Cenários na Editora Nova Harmonia - São Leopoldo - RS. No momento desenvolve o seu pós-doutoramento na área de Literatura Africana com o financiamento da Fundação para Ciência e Tecnologia-FCT (Portugal).

Downloads

Publicado

2011-09-13

Como Citar

Mwewa, C. M., & Sá, A. L. (2011). Formação, literatura e cultura: O rio de volta à terra. Nau Literária, 7(2). https://doi.org/10.22456/1981-4526.20208

Edição

Seção

Dossiê