[1]
N. Marcelino e D. R. Terezani, “A popularização da canoagem: o caso de Piracicaba”, Movimento, vol. 11, nº 3, p. 67–87, dez. 2007.