MASCULINIDADE(S) NO BALÉ: GÊNERO E SEXUALIDADE NA INFÂNCIA

Autores

  • Ileana Wenetz Centro de Educação Física e Desportos (CEFD). Universidade Federal do Espirito Santo (UFES), Vitória/ES.
  • Christiane Garcia Macedo Colegiado de Educação Física (CEFIS) - Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) PPG em Educação Fìsica

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.90474

Palavras-chave:

Masculinidade. Dança. Identidade de gênero. Sexualidade.

Resumo

Fundamentado nos Estudos Feministas, Culturais e de Gênero, este texto analisa a relação de meninos e dança, a partir do caso do Rodrigo, praticante de balé e hip-hop, especialmente as condições de possibilidade que constituíram a prática dele. Foram realizadas observações etnográficas e entrevistas. Após a discussão sobre gênero e sexualidade na infância, analisou-se o caso de Rodrigo e discutiu-se a questão da dança e masculinidades, destacando que a experiência se deu desde o ensino infantil e com apoio da família, o que ilustra linhas de fugas possíveis na norma heteronormativa. Finaliza este trabalho uma reflexão sobre as condições de possibilidade às quais Rodrigo teve acesso para a prática do balé, apontando como elas possibilitam pensar sobre a relação práticas corporais e gênero/sexualidade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ileana Wenetz, Centro de Educação Física e Desportos (CEFD). Universidade Federal do Espirito Santo (UFES), Vitória/ES.

Licenciada em Educação Física pela Facultad de Educación y Salud (FES/IPEF) Argentina. Especialista em Pedagogia do Corpo e da Saúde pela EsEF/UFRGS. Mestre e Doutora em Ciências do Movimento Humano pela EsEF/UFRGS. Pós-doutora no Programa Interdisciplinar de Ciências Humanas da UFSC. Professora Adjunta do Departamento Ginástica do Centro de Educação Física e Deportes da Universidade Federal de Espirito Santo (UFES). Professora da Pós-graduação em Psicologia Institucional (UFES). Participante do Laboratório de Estudos em Educação Física (LESEF) da UFES e participante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Sexualidade (GEPSS). Tem experiência na área de Educação Física escolar, Estudos antropológicos na Educação Física, Estudos Culturais e Gênero. Metodologia do Ensino. Atuando nos seguintes temas: corpo, gênero, lazer, crianças e brincadeiras

Christiane Garcia Macedo, Colegiado de Educação Física (CEFIS) - Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) PPG em Educação Fìsica

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Goiás (2007), mestrado em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012) e doutorado em PPG em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2017). Atualmente é professora adjunta do Colegiado de Educação Física e do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco , atuando principalmente nos seguintes temas: história, educação física, memória, dança e centros de memória.

Downloads

Publicado

2019-12-07

Como Citar

WENETZ, I.; MACEDO, C. G. MASCULINIDADE(S) NO BALÉ: GÊNERO E SEXUALIDADE NA INFÂNCIA. Movimento, [S. l.], v. 25, p. e25081, 2019. DOI: 10.22456/1982-8918.90474. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/90474. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais