“A CABEÇA CONTINUA DE GORDO”: DILEMAS DA GESTÃO DE SI DE PESSOAS SUBMETIDAS A CIRURGIA BARIÁTRICA

Autores

  • Nárgila Mara da Silva Bento UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Roberta de Sousa Mélo UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.90445

Palavras-chave:

Cirurgia bariátrica. Obesidade. Corpo humano. Cultura.

Resumo

Buscamos analisar alguns conflitos envolvidos nas experiências de pessoas submetidas a cirurgia bariátrica, recurso adotado após suas tentativas frustradas de controle do peso. Utilizamos uma metodologia qualitativa e realizamos uma observação participante aliada a entrevistas semiestruturadas. Os dados obtidos revelam trajetórias marcadas pela angústia diante de um corpo que escapa ao controle da pessoa e que se configura como ameaça a ela própria. Sentimentos como culpa e vergonha expressam o reconhecimento da falha de seu projeto de autogestão. Os relatos sobre o pós-cirúrgico sugerem a permanência de um processo da racionalização de si constantemente ameaçado pela gordura, o que se reflete principalmente no medo do reganho de peso. Ainda em relação a essa fase, alguns participantes expressaram a dificuldade de gerenciar o novo corpo de acordo com as orientações médicas, enquanto outros expuseram o dilema de não reconhecer-se na nova aparência.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nárgila Mara da Silva Bento, UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco

Discente do PPGEF - Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco

Roberta de Sousa Mélo, UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco

Docente do PPGEF - Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco

Downloads

Publicado

2019-11-21

Como Citar

BENTO, N. M. da S.; MÉLO, R. de S. “A CABEÇA CONTINUA DE GORDO”: DILEMAS DA GESTÃO DE SI DE PESSOAS SUBMETIDAS A CIRURGIA BARIÁTRICA. Movimento, [S. l.], v. 25, p. e25073, 2019. DOI: 10.22456/1982-8918.90445. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/90445. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais