PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO, SOCIOECONÔMICO E ESPORTIVO DE TENISTAS INFANTOJUVENIS BRASILEIROS DE ELITE

Autores

  • Alexandro Andrade Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Pedro de Orleans Casagrande Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Guilherme Guimarães Bevilacqua Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Fabiano Souza Pereira Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Julianne Fic Alves Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Ana Luiza Goya Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
  • Danilo Reis Coimbra Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.74041

Palavras-chave:

Classe social. Tênis. Esportes. Atletas.

Resumo

O estudo objetivou descrever o perfil sociodemográfico, socioeconômico e esportivo de tenistas infantojuvenis brasileiros competitivos de elite. Participaram 130 tenistas, sendo 102  homens e 28 mulheres. A maioria dos tenistas é natural das Regiões Sudeste e Sul e houve um predomínio de tenistas treinando nessas regiões. A maioria dos tenistas pertence à classe socioeconômica A. Em média, os tenistas iniciaram no tênis aos oito anos e o início em competições de tênis foi aos 11 anos. Os tempos médios de prática e de prática competitiva dos tenistas foram de sete e quatro anos, respectivamente. Já foram finalistas em competição internacional 16% dos atletas e aproximadamente a metade já disputou finais em competições internacionais e nacionais. Concluiu-se que os tenistas investigados são oriundos das classes econômicas mais altas. Além disso, os tenistas apresentaram grande volume de treino e tempo de prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-03-29

Como Citar

ANDRADE, A.; CASAGRANDE, P. de O.; BEVILACQUA, G. G.; PEREIRA, F. S.; ALVES, J. F.; GOYA, A. L.; COIMBRA, D. R. PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO, SOCIOECONÔMICO E ESPORTIVO DE TENISTAS INFANTOJUVENIS BRASILEIROS DE ELITE. Movimento, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 65–76, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.74041. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/74041. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais