OS JOGOS PAN-AMERICANOS E O ENRAIZAMENTO DO MOVIMENTO OLÍMPICO NA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Doiara Silva dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Campus Itapetinga

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.72860

Palavras-chave:

História. América Latina. Movimento Olímpico.

Resumo

O objetivo desta pesquisa é discutir o processo histórico de estabelecimento dos Jogos Pan-Americanos (Pan) e o processo de enraizamento do Movimento Olímpico na América Latina. A coleta de dados reúne fontes primárias das décadas de 1940 e 1950, a saber: documentos oficiais do Comitê Olímpico Internacional (COI), da Organização Pan-Americana de Desportos (ODEPA), dentre outros. A análise dos dados foi realizada a partir da produção de uma narrativa histórica. Dois argumentos se destacaram em relação à proposta de estabelecer os Jogos Pan-Americanos: 1. O papel diplomático dos Jogos; 2. A visão idealística implicada no evento.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Doiara Silva dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Campus Itapetinga

Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) Ilhéus-BA (2007.2). Mestre em Educação Física, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES (2011.1). Doutora em Educação Física - University of Western Ontario, London, Canadá (2012-2015). 

Downloads

Publicado

2017-09-30

Como Citar

SANTOS, D. S. dos. OS JOGOS PAN-AMERICANOS E O ENRAIZAMENTO DO MOVIMENTO OLÍMPICO NA AMÉRICA LATINA. Movimento, [S. l.], v. 23, n. 3, p. 989–1000, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.72860. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/72860. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais