NOVAS DINÂMICAS DE LAZER: AS FÁBRICAS DE CERVEJA NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XIX (1856-1884)

Autores

  • Victor Andrade Melo Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Thaina Schwan Karls Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.69803

Palavras-chave:

Atividade de lazer. Brasil. Indústria cervejeira.

Resumo

No Rio de Janeiro de meados do século XIX, percebe-se uma maior estruturação de um mercado de entretenimentos, relacionado, inclusive, à conformação de uma sociedade civil que se diversificava socioeconomicamente. Tendo em conta ampliar o olhar sobre essa dinâmica social, este estudo tem por objetivo discutir a experiência de um tipo de estabelecimento que articulava as “artes industriais” com a oferta de alternativas de diversão: fábricas de cerveja localizadas na região central da capital. Trata-se fundamentalmente de uma abordagem histórica da cidade a partir de um de seus divertimentos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-03-29

Como Citar

MELO, V. A.; KARLS, T. S. NOVAS DINÂMICAS DE LAZER: AS FÁBRICAS DE CERVEJA NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XIX (1856-1884). Movimento, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 147–160, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.69803. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/69803. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais