VIVÊNCIAS DE MAL-ESTAR NA TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA À DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Adelar Aparecido Sampaio UNIOESTE
  • Claus Dieter Stobäus Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Marcio Alessandro Cossio Baez Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.65257

Palavras-chave:

Educação continuada. Docentes. Esgotamento profissional.

Resumo

O artigo aborda aspectos de mal-estar discente/docente, entre as fases de formação acadêmica e início da docência. Participaram do estudo sessenta e oito licenciandos, sendo acompanhados cinco destes no primeiro ano da profissão docente. A abordagem utilizada foi qualitativa em nível exploratório-descritivo, por meio de questionários e entrevistas, tratados com análise de conteúdo. No período de formação na licenciatura, destacam-se principalmente os desafios pessoais e acadêmicos na formação, insegurança relacional na interação com sujeitos envolvidos na escola, instabilidade na profissão e desvalorização profissional. No início na docência, apresentam-se dificuldades em lidar com a indisciplina e a desmotivação dos alunos ao aprendizado, clima relacional instável entre docentes e falta de apoio pedagógico e psicológico. Sugerem-se abordagens temáticas relacionadas à prevenção do mal-estar e otimização do bem-estar docente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adelar Aparecido Sampaio, UNIOESTE

Doutor e Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Brasil. Professor na Unioeste, campus Marechal Cândido Rondon - Paraná - Brasil. Membro dos Grupos de Pesquisa Mal-estar e Bem-estar na Docência da PUCRS e do Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação Física Escolar da Unioeste.

Claus Dieter Stobäus, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pós-doutor em Psicologia/Universidad Autónoma de Madrid – Espanha, Doutor em Ciências Humanas/Educação,
professor titular da Faculdade de Educação da PUCRS, Brasil.

Marcio Alessandro Cossio Baez, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutor e mestre em Educação - PUCRS, pesquisador do do Grupo de Pesquisa Mal-estar e Bem-estar na Docência da PUCRS.

Downloads

Publicado

2017-09-30

Como Citar

SAMPAIO, A. A.; STOBÄUS, C. D.; BAEZ, M. A. C. VIVÊNCIAS DE MAL-ESTAR NA TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA À DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA. Movimento, [S. l.], v. 23, n. 3, p. 975–988, 2017. DOI: 10.22456/1982-8918.65257. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/65257. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.