O TEXTO ESCRITO COMO RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: PERSPECTIVAS E EXPERIÊNCIAS DOS PROFESSORES

Autores

  • Pollyane Barros Albuquerque Vieira IFSP- Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo USJT - Universidade São Judas Tadeu
  • Elisabete dos Santos Freire Universidade São Judas Tadeu Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Graciele Massoli Rodrigues Universidade São Judas Tadeu

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.51702

Palavras-chave:

Educação Física e treinamento. Materiais de ensino. Livros de Texto

Resumo

Com o objetivo de analisar o texto escrito como recurso didático aplicado no ensino da Educação Física e compreender as percepções e práticas construídas por professores que utilizam este recurso em suas aulas realizamos entrevistas com 21 professores. Os participantes acreditam na relevância desta intervenção, selecionam textos diversificados e relacionados com temáticas atuais da Educação Física, construindo um processo pedagógico coerente com o que propõe a literatura sobre a temática analisada. Assim, percebemos que eles se preocupam com a contribuição da Educação Física para a construção do leitor, sem deixar de lado os conhecimentos específicos da área.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pollyane Barros Albuquerque Vieira, IFSP- Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo USJT - Universidade São Judas Tadeu

Licenciada em Educação física e Professora EBBT do IFSP, leciona no Ensino Médio Técnico Integrado

Elisabete dos Santos Freire, Universidade São Judas Tadeu Universidade Presbiteriana Mackenzie

Professora Doutora pela Universidade São Judas Tadeu

 

Publicado

2015-08-24

Como Citar

VIEIRA, P. B. A.; FREIRE, E. dos S.; RODRIGUES, G. M. O TEXTO ESCRITO COMO RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: PERSPECTIVAS E EXPERIÊNCIAS DOS PROFESSORES. Movimento, [S. l.], v. 21, n. 4, p. 929–944, 2015. DOI: 10.22456/1982-8918.51702. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/51702. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais