OS DESAFIOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NA PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA

Autores

  • Dijnane Fernanda Vedovatto Iza Universidade Federal de São Carlos
  • Samuel de Souza Neto Departamento de Educação. Programa de Pós-graduação em Ciências da Motricidade. Programa de Pós-graduação em Educação. Instituto de Biociências. Universidade Estadual Paulista“Julio de Mesquista Filho’– Campus de Rio Claro, SP, Brasil. UNESP, SP, Brasil.UNESP

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.46271

Palavras-chave:

Docentes. Currículo. Estágios. Universidades

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo compreender os processos de parceria entre escolas e universidade nos estágios curriculares supervisionadosem Educação Física. Optou-sepela pesquisa qualitativa, estudo de caso, utilizando como técnicas a entrevista narrativa com sete participantes e a análise de conteúdo. Os dados evidenciaram contradições desse processo no modelo de estágio adotado em que há distanciamento entre as instituições. O desafio está em sair de um modelo de formação centrado na universidade para um modelo que contemple a escola e a universidade como lugares de formação.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dijnane Fernanda Vedovatto Iza, Universidade Federal de São Carlos

Departamento de Metodologia de Ensino, Universidade Federal de São Carlos.

Samuel de Souza Neto, Departamento de Educação. Programa de Pós-graduação em Ciências da Motricidade. Programa de Pós-graduação em Educação. Instituto de Biociências. Universidade Estadual Paulista“Julio de Mesquista Filho’– Campus de Rio Claro, SP, Brasil. UNESP, SP, Brasil.UNESP

  Chercheur internacional du CRIFPE – Centre de Recherche Interuniversitaire sur la Formation et la Profission Enseignante – Université de Montréal, Québec, Canada.

Publicado

2014-10-26

Como Citar

VEDOVATTO IZA, D. F.; DE SOUZA NETO, S. OS DESAFIOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NA PARCERIA ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA. Movimento, [S. l.], v. 21, n. 1, p. 111–124, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.46271. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/46271. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais