CULTURA E EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA ANÁLISE ETNOGRÁFICA DE DUAS PROPOSTAS PEDAGÓGICAS

Autores

  • Diego Luz Moura Universidade Federal do Vale de São Francisco (UNIVASF)
  • Antonio Jorge Gonçalves Soares

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.40533

Palavras-chave:

Cultura, educação física, escola.

Resumo

O objetivo deste artigo é compreender os dilemas, possibilidades e limites enfrentados pela educação física em duas instituições escolares com propostas consideradas distintas. Utilizamos o método etnográfico e permanecemos nas duas escolas entre agosto e dezembro de 2007. Os resultados apontam que embora o debate acadêmico as identifique como distintas, os currículos em ação aproximam as duas realidades. Concluímos que as duas propostas pedagógicas são bem-sucedidas na medida em que representam construções práticas do conhecimento acumulado na área e respostas aos principais dilemas da intervenção da educação física na escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Luz Moura, Universidade Federal do Vale de São Francisco (UNIVASF)

Doutor em Educação Física (UGF)

Docente da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)

Laboratório de Estudos Culturais e Pedagógicos da Educação Física (LECPEF)

Antonio Jorge Gonçalves Soares

Doutor em Educação física (UGF)

Docente da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

 

Publicado

2014-03-16

Como Citar

MOURA, D. L.; SOARES, A. J. G. CULTURA E EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA ANÁLISE ETNOGRÁFICA DE DUAS PROPOSTAS PEDAGÓGICAS. Movimento, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 687–709, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.40533. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/40533. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais