A NACIONALIZAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES ESPORTIVAS EM PORTO ALEGRE (1937-1945)

Autores

  • Janice Zarpellon Mazo

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.3563

Palavras-chave:

Associações esportivas. História. Identidades culturais. Nacionalização, Brasil.

Resumo

As mudanças ocorridas no Brasil entre 1937 e 1945 atingiram os mais variados setores do país, inclusive o associativismo esportivo. O objetivo deste artigo é compreender como ocorreu o processo de nacionalização das associações esportivas “estrangeiras” em Porto Alegre durante o Estado Novo. Após a análise das fontes impressas evidenciou-se que estas associações foram alvejadas pelas medidas nacionalizadoras, as quais impuseram a mudança do nome original e a adoção da língua portuguesa nos documentos oficiais. Isto não significa que houve a perda de suas identidades culturais, mas sim um processo de resistência à nacionalização, através da recomposição de identidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-04-17

Como Citar

MAZO, J. Z. A NACIONALIZAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES ESPORTIVAS EM PORTO ALEGRE (1937-1945). Movimento, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 43–63, 2007. DOI: 10.22456/1982-8918.3563. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3563. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos Originais