OS ESTUDOS DO LAZER E A APROPRIAÇÃO DA OBRA DE MARX E ENGELS – MARIA ISABEL LEME FALEIROS –

Autores

  • Elza Peixoto Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.3556

Palavras-chave:

Atividades de lazer. Brasil. Literatura. Comunismo. Karl Marx. Friedrich Engels.

Resumo

Estudo do estado da arte dos estudos do lazer no Brasil, concentrado nos trabalhos que apropriam a obra de Marx, produzidos e disseminados em periódicos e editoras nacionais (década de 80). Transitando entre a colocação do lazer como prática social estritamente limitada à esfera da produção e da reprodução da existência; o vislumbre de possibilidades/perspectivas emancipatórias nesta prática social; e a total negação do trabalho/lazer como esferas de realização humana, estes textos apresentam aos leitores a instigante questão das perspectivas do trabalho e do lazer – da necessidade e da liberdade – na sociedade capitalista e no projeto comunista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elza Peixoto, Unicamp

Mestre. Doutoranda no PPG em Educação – UNICAMP. Professora do Dep. de Estudos do Movimento Humano da Universidade Estadual de Londrina. E-mail: epeixoto@uel.br.

Downloads

Publicado

2008-04-17

Como Citar

PEIXOTO, E. OS ESTUDOS DO LAZER E A APROPRIAÇÃO DA OBRA DE MARX E ENGELS – MARIA ISABEL LEME FALEIROS –. Movimento, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 197–218, 2008. DOI: 10.22456/1982-8918.3556. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3556. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Ensaios